Dia-a-dia, ser ou não ser, eis a questão!

Olá pessoal, hoje conversando com o Borba, blogDoBorba sobre programação, experiências, mercado, nos deparamos conversando sobre conhecimento. Isto está relativamente ligado à experiência, convívio com o dia-a-dia, e a dúvida: quanto tempo é necessário para ter experiência?

No blog do Felipe Albrecht, ele publicou uma mensagem, tradução de um texto de um dos papas de Inteligência Artificial, Peter Norvig, confira o texto, clique aqui.

Ter uma carreira de sucesso é tomar atitudes focadas no resultado seja individual ou em grupo, levando em consideração que o reflexo se dará a toda a equipe na qual você trabalha, isso é construído dia-a-dia. Segundo Marcelo Cuellar, da revista você s/a, “Ter uma carreira de sucesso está intimamente ligado à avaliação que os outros têm de você e assim cada dia de trabalho e cada passo que você dá na carreira” leia.

A indagação ou indignação é, como as pessoas, na qual você trabalha ou trabalhou te vêem como profissional? Você consegue perceber se é uma imagem verdadeira ou surreal? Você se acha esperto ou um monstro? Lembre-se que sua atitude reflete, na sua carreira, diretamente proporcional à imagem que você constrói.

Trabalho em equipe????

Já ouviram comentários, isto vem sempre de profissionais incompetentes, maldosos sobre certos profissionais somente pelo medo que elas têm em perder seu emprego? Isto demonstra existir ainda a grande força do puxasaquismo, geralmente em cidades com pensamentos mediocres, pequenas e ou empresas que se comportam desta maneira, qual é a chance desta empresa crescer? E os profissionais que nelas estão? Hoje mais que um mundo globalizado as informações são ainda mais rápidas e cada vez mais frequentes, como ferramentas como blogs, o twitter, facebook, lindedin, aumentam o tráfego destas informações. E que cada vez torna nosso humilde mundinho, de programador, desenvolvedor, analista, seja qual a forma que você entende, cada vez mais pequena. É perceptível de vez em quando esbarramos em alguém conhecido, ou que conhece alguém que nos conhece, ou que já trabalharam juntos, e o departamento de RH sempre vem nos perguntar, você conhece o fulano? como é o perfil dele?

O que é preciso para construir uma carreira sólida e concisa? Qual a sua opnião.

Anúncios

Uma resposta para “Dia-a-dia, ser ou não ser, eis a questão!

  1. Jesus, lembro desta conversa, o assunto complicado esse de debater. Tudo começou quando falavamos sobre o ensino nas Universidade/Faculdades, aonde em 1 semestre você “estuda” duas ou mais linguagens de programação e que ao final de um ano letivo os alunos saem sem saber absolutamente nada, ou seja, estão despreparado para o mercado de trabalho.

    Mas a questão é que as instituições de ensino apenas mostram o caminho, vai dos alunos querer dar o primeiro passo e construir uma estrada.

    Falou Jesus, até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s